quarta-feira, 29 de abril de 2009

Gripe Tucana

Assisti a pouco ao programa do Tarcísio Holanda na TV Câmara. O deputado Antônio Carlos Pannunzio (PSDB-SP) estava cobrando ações do governo na prevenção da "gripe suína". Tarcísio Holanda (que verdade seja dita, não faz questão alguma de esconder sua posição política de acordo com os demo-tucanos) chegou ao cúmulo de perguntar ao nobre deputado sobre a possibilidade de o Congresso Nacional entrar em recesso caso a "epidemia" se alastre!!! Eu não sabia que o lodaçal que tem tomado conta do Congresso havia se estendido até a TV Câmara. O que mais poderia explicar a realização de pergunta tão estapafúrdia por um jornalista pra lá de calejado? Só agora, me perdoem pela ingenuidade, notei também que chegou a hora da "gripe suína" se transformar no eco da oposição. Depois dos dólares cubanos, das fotos do falso dossiê, do Lula culpado pela tragédia (incompetência e irresponsabilidade) da TAM, da epidemia de febre amarela, da CPI da Tapioca, das algemas para ricos, da ameaça de apagão versão Lula (que nunca aconteceu), da crise mundial provocada pelo PT, de alguns palhaços alertando sobre o perigo de confisco da poupança, é a vez do governo brasileiro ser acusado de ineficiência no controle da epidemia de "gripe suína" que assola o MÉXICO. Com uma oposição dessas, Lula só tem que agradecer a Deus!!!

3 comentários:

Blog do Morani disse...

29/04/09

É mesmo um absurdo querer se jogar às costas de um só governante a culpa por tudo de ruim que vê construido em nosso país. Todos os que me lêm - e não são muitos - sabem da minha aversão pelo atual governante maior que em sua campanha presidencial, para o primeiro mandato, assumiu compromissos diante de toda a Nação no sentido de fazer um governo isento dos vícios e dos erros de seu antecessor, e entre essas promessas estava, além das que cumpriu - o equilíbrio das contas públicas, controle da inflação, moralidade e justiça social -, tem deixado muito a desejar. A moralidade em seu governo está aquém do esperado por toda a Nação. Todas as semanas surgem denúncias comprovadas e esquemas sórdidos para ludibriar a população das muitas patifarias permitidas em todo o quadrante de sua atuação. Justiça social está a dever aos brasileiros. A frase "Um Brasil para Todos" é apenas um dístico usual em qualquer governo que vai ao Palácio da Alvorada com planos mirabolantes, como: FOME ZERO (?); PRIMEIRO EMPREGO (?); URBANIZAÇÃO PARA SERES HUMANOS DAS FAVELAS/RIO (?); OBEDIÊNCIA AOS DIREITOS DOS APOSENTADOS PREVISTOS NA CARTA MAGNA DE 1988 (?)SOCORRO URGENTE À REDE HOSPITALAR E AO ENSINO NO BRASIL(?). Ainda na data de ontem, no Senado, surgiu uma relação de 300 vetos para ser apreciada pelo Congresso, e entre esses vetos, 'mascarado", estava o que dava um sonoro NÃO aos aposentados contrariando votação anterior nas duas Casa Legislativas que aprovou os 16% de reajuste igualmente entre todos.
A "armadilha" foi rechaçada solenemente por uma grande maioria de parlamentares que (sujos como pau de galinheiro, desejam diminuir suas culpabilidades no escândalos das passagens aéreas),
esperavam a tal "JUSTIÇA SOCIAL" a favor de todos os que recebem mais de um salário-mínimo. E não será favor algum, esmola alguma, como no caso do BOLSA FAMÍLIA", mas um dever previsto na CONSTITUIÇÃO. E as tarifas dos serviços públicos aumentam (sem falar nos preços dos medicamentos) 60% de uma tacada só - caso de nosso município de Nova Friburgo. Dessa maneira, como os ganhos dos aposentados - incluo-me entre eles - cobrirão todos os aumentos abusivos? Cadê a classe pobre que ascendeu a um patamar a mais? Eu só sinto que a cada ano mais me aproximo - como alguns outros milhões de idosos sem saúde - do patamar da "MISERABILIDADE". Todos seremos "FORÇADOS" a uma "DIETA ALIMENTAR EXÍGUA E COMPULSÓRIA" e, ainda, a PASSAR SEM OS MEDICAMENTOS NECESSÁRIOS QUE NOS MANTÊM VIVOS; ou teremos que nos ver morrer sem socorro?
Pode-se deixar passar em branco tais falhas de um governo que nega aos seus cidadão os seus direitos mais corriqueiros, mas cogita enviar como "EMPRÉSTIMO" 3 bilhões (reais ou dólar?)ao famigerado, e sempre combatido pelo senhor Lula, FMI! Pasmem! E os nossos hospitais carentes, nossas instituições de educação abandonadas, nossas rodovias em péssimo estado de conservação e nossa gente sem moradia. E não me venha ele falar do tal "PROGRAMA HABITACIONAL" para os de baixa renda. Até sair das "INTENÇÕES", irá longe, pois a burocracia aqui é um motivo a que nada se faça em favor dos desgraçados. Pena, por que ao votar em Lula para o seu primeiro mandato eu [e muitos outros cidadãos brasileiros]tinha toda esperança num governo realmente para o POVO e pelo POVO. Democracia não é isso: GOVERNO DO POVO? Lula faz por merecer todos os escândalos apontados.

Blog do Morani disse...

29/04/09

Os 60% a que me referi, em meu primeiro comentário, foi para elevar a taxa da água no município de Nova Friburgo, que não é das primeiras em qualidade! Aqui, há uma taxação mínima a cada residência de 15.000 lts, quando o consumo médio atinge, mais ou menos, 9.000 lts. apenas!
Por que pagamos a diferença como se a tivéssemos realmente consumida?

Carina disse...

Oi
Gostei muito do seu blog, bem na linha contrária ao meu, que só tem teorias, resumos, o seu trata da situação atual, com discussões muito pertinentes. Estarei sempre por aqui... até mais
Carina