sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Justiça para quem, cara pálida?

O editor da revista Fórum, Renato Rovai, publicou em seu blog [http://www.revistaforum.com.br] essa denúncia. Pediu ele, e peço eu, para divulgarmos através da internet esse verdadeiro descalabro da nossa Justiça.



Caroline presa e Dantas livre. Viva a justiça!

Por Renato Rovai

Caroline Pivetta da Motta, que completa 24 anos hoje, faz 50 dias está presa por ter realizado uma manifestação de protesto na Fundação Bienal de Artes de São Paulo. Ela e alguns colegas fizeram uma intervenção visual num espaço vazio, com paredes brancas. Picharam o local. Pode-se discutir se pichação é ou não arte. Neste caso, este blogueiro considera que sim, porque se tratava de um protesto visual. Muitos artistas consideravam absurdo a Bienal ter deixado um saguão absolutamente vazio.

O ministro da Cultura Juca Ferreira veio a São Paulo e apelou ao governador Serra para que intercedesse em favor da garota. Nada. Serra disse que a coisa não é bem assim e deu de ombros. Típica postura tucana. Parênteses: parabéns, ministro Juca. Sua postura honra a pasta que o senhor ocupa.

Até porque, enquanto Caroline sofre na cela, o pilantra-mor da República, Daniel Dantas, continua soltinho da Silva. Para ele, o Supremo trabalhou de madrugada para lhe dar habeas corpus.

Apelo para que outros blogues façam posts em favor da liberdade de Caroline.

E protestem pelo fato de Serra continuar fazendo de conta que não tem nada a ver com a história. Serra é co-responsável pela prisão de Caroline. Seu silêncio lhe condena. Seu silencia a condena.

Um comentário:

Hudson Luiz Vilas Boas disse...

Chico HUgo disse em 17/12/2008

Alô, Hudson!
Alô, Rovai!
Ingenuidade tem limites.
Apelar pro Serra?
Apelo se faz a quem tem algum grau de humanidade. E não é o caso.
Depois, Caroline está presa APENAS E TÃO-SOMENTE pelo que ficou grafado na parede daquela sala, vazia de artes e emoções tanto quanto o coração do governador tucano.
Está escrito: FORA SERRA!